RSS RSS

Navegação


Principais tópicos


Ferramentas




Pesquisar na wiki
»

Impulsionado por

Local

Nome do local: Balaio Café
Endereço do local: SCLN 201 bloco B loja 19-31
Canal #dadosgovbr no IRC Freenode. (não foi usado na ocasião)
Lista de discussão da INDA: http://groups.google.com/group/lista-inda-gt3

Data e hora: 03/02/2012 | 09:00 - 18:00



Objetivo

Replanejar a metodologia de desenvolvimento do portal


Pauta

  • Apresentação do produto ao Product Owner (Cesar Brod, Coordenador Geral de Inovações Tecnológicas)
  • Revisão de todas as sprints
  • Retrospectiva das sprints anteriores
  • Planejamento da próxima sprint




Participantes Presenciais

NomeÓrgão
Christian MirandaDSI/SLTI/MP
Augusto HerrmannDSI/SLTI/MP
Cesar BrodDSI/SLTI/MP
Nitai SilvaDSI/SLTI/MP
Alexandre GomesSEA/THacker
Seyr LemosDSI/SLTI/MP
Ramon FonsecaIBICT
Denis MouraDPF
André brito (Decko)Intergov/GDF
Yasodara CordovaPR
Ricardo PoppiPR

Relato do Desenvolvimento



Sprint Review

Apresentamos para o novo coordenador, Cesar Brod, a atual versão do portal brasileiro de dados abertos.

Percebemos que no início o modelo funcionou muito bem (modelo de sprints de um só dia) mas depois o nível produtivo começou a cair.

Os participantes compartilharam suas experiências sobre o desenvolvimento ágil e o scrum, demonstrando que em 99% dos cenários as metodologias devem ser adaptadas para a realidade atual.

Novamente frizou-se que o processo tem que mudar, pois foi eficiente para começar mas agora o modelo deve ser adaptado ao novo cenário (produtos maiores e mais complicados).

Fizemos uma análise do ambiente atual que é: muitos entusiastas mas poucos comprometidos, dentre todos os participantes, cerca de 10% participam ativamente e um número ainda menor programa.

Percebemos que a grande "mudança de paradigma" não está acontecendo somente no governo mas também na sociedade, o modelo de desenvolvimento colaborativo é novidade também para o cidadão, isso deve ser aceito e tratado de forma que aproximemos as pessoas.

Em seguida apresentamos os resultados do portal até agora:

  1. Preparamos a versão beta do portal brasileiro de dados abertos, com alguns datasets;
  2. Customizamos (time de dados abertos) o layout do CKAN para manter a identidade da página inicial;
  3. Preparamos e estamos em via de disponibilizar para a comunidade uma VM com o ambiente todo configurado, para que desenvolvedores possam ter seu próprio ambiente de desenvolvimento.




Retrospectiva:

Fatos positivos:

  1. Desenvolvimento colaborativo; Real abertura e transparência do projeto; Construção colaborativa entre sociedade civil e Adm. Pública; Envolvimento Social no desenvolvimento do Portal; Trabalho interinstitucional que pode mudar a forma de trabalho do próprio governo.
  2. Fomento político, Ministério do Planejamento apóia o projeto; Demandas e recursos pela Lei de Acesso à informação (existe endosso político).
  3. Trabalhar em grupo fora do ministério; Ambiente descontraído, participativo e aberto.
  4. Customização do CKAN agora é realidade.
  5. Participação de novas organizações da Adm. Pública.
  6. Nomeação de um PO - Project Owner para o projeto (Cesar Brod).
  7. Software da solução é todo livre e aberto e compartilhado, a forma como os dados são tratados (o software) também deve ser aberta.
  8. Visibilidade e confiação no projeto.
  9. Virtualização de ambientes
  10. Aprender coisas novas e diferentes, pessoas tecnologias e processos - inovação

Fatos médios:

  1. Heterogeneidade do conhecimento técnico

Fatos negativos:

  1. Dificultade da divisão das tarefas, pouco tempo de sprints e pouco desempenho durante elas;
  2. Falta de comprometimento dos participantes voluntários;
  3. Pouca participação de outros órgãos da Administração pública;
    1. Falta de articulação política entre os órgãos
    2. Muitos órgãos não conseguem planejar adiante pois ainda precisam "arrumar a casa", ou seja, lidar com seus problemas
    3. Os tomadores de decisão dos outros órgãos não investem seus recursos humanos integralmente no projeto (falta de posicionamento estratégico dos órgãos)
  4. Poucos datasets catalogados no CKAN
  5. Sprints Curtas
  6. Desperdício de certas pessoas para executar algumas tarefas que não entregem resultado
  7. Ambientes de produção e desenvolvimento serão o mesmo
  8. Aparelhamento tecnologico excessivo
  9. Publicar (Falta de) Cases (apps) no portal da OGP
  10. Dispersão, falta de foco dos participantes, falta de pontualidade de alguns nas sprints
  11. Falta de espaços de trabalho mais adequados
  12. Agendas impostas externamente aos membros da equipe, prejudicando as sprints

Melhorias:

  1. Alteração da forma de trabalho do dados.gov.br
    1. Utilizar o encontro presencial para planejamento e retrospectiva e o tempo entre encontros para execução
  2. Estratégia de mitigação do risco do não comprometimento:
    1. Diminuição desse risco realizando contratações de recursos;
  3. Possíveis ações
    1. Publicação da Instrução Normativa da INDA devem melhorar o compromisso dos órgãos do SISP
    2. Aproveitar eventos com cobertura de mídia para incentivar fortemente a assinatura do termo de adesão
    3. Conversar com stakeholders do Planejamento para tomar ações políticas
    4. Plano de "marketing político"
  4. Pensar em uma estratégia distribuída de catalogação dos datasets
    1. Publicar um manual para publicação de datasets no portal brasileiro de dados abertos
    2. Uma premissa da resolução desse problema é a resolução do item 3
    3. Criar colaborativamente um conjunto de tutoriais para publicação
    4. Fazer uma oficina para catalogação de datasets
    5. Antes da oficina, consolidar e externalizar os conceitos e fluxos de cadastro de dataset no CKAN (boas práticas e definições de como a coisa deve estar organizada)
  5. Resolvido pela melhoria 1.
  6. Resolução desse problema
    1. Busca por ferramentas de desenvolvimento colaborativo de várias coisas
    2. Aproveitamento do estudo feito pelo THACKER sobre as melhores ferramentas para desenvolvimento colaborativo
  7. Esse problema está sendo resolvido com a implantação de um novo servidor
  8. Precisamos de cautela para não aparelhar demais a ferramenta
    1. Conciliar as soluções optadas para o portal com outras do Ministério - Minimalismo e padronização
  9. Buscar os cases junto à comunidade e sobre os datasets no dados.gov.br
  10. O novo modelo de encontros não vai mais demandar tão fortemente a infraestrutura de rede, facilitando encontrar lugares adequados
    1. Alternativas: Biblioteca Nacional, LBV, Balaio Café, RNP, SEA tecnologia
  11. Reflexão e elevação da importancia das sprints para a hierarquia no ministério do planejamento e nos demais órgãos



Planejamento:

Daqui até a data do lançamento do portal nós temos cerca de dois meses, decidimos adiantar a deadline para 2 de abril.

Dividimos esse período em 4 sprints de 15, nas quais seus produtos estão a seguir:

1ª sprint(17/02): INFRA preparada e Design definido

Estimativa - 28 pontos
Realizado -


  • Design definido - Yaso
    • Arquitetura da informação e Listagem de funcionalidades
      • Disponibilização de documento público para levantamento de requisitos do portal: http://okfnpad.org/dadosgovbr
      • Cardsorting(3) - 07/02 - Yaso e Poppi
      • Estrutura de navegação(1) -
        • Tipos de conteúdo (HTML estático, o que vem do ckan, o que vem da onde? se o conteúdo é grande pequeno, se é textual, se tem imagem, multimídia e poraí vai)
        • Informação correlacionada e funcionalidades que devem aparecer na páginas
    • Wireframes(3)
    • Projeto Gráfico
      • Identidade Visual(3)
        • Disponibilização de documento para levantamento de requisitos de Identidade Visual do portal: http://okfnpad.org/identidade-visual-dadosgovbr
        • desenho de ícones e elementos principais de interação com os datasets (3)
        • Telas com base no wireframe(3)


  • Produção separada do desenvolvimento
    • VM de desenvolvimento preparada(2) - Augusto
    • VM portada para o XEN(3) - Christian
    • VM implantada no XEN (1) - Christian
    • release da VM publicada em algum lugar (1) - Augusto

  • Manual de catalogação de datasets - Alexandre Gomes e Demoulidor: está sendo desenvolvido colaborativamente aqui: http://okfnpad.org/mancat
    • Definição do processo de catalogação(2)
    • Escrita do documento(3)

2ª sprint(02/03): Principais funcionalidades implantadas

  • Implementação do design, de acordo com padrões e-Gov
    • Gerar o Código
    • Quebrar as imagens
    • Implementação no template atual

  • Cases p/ o OGP escritos e revisados
    • Aplicativos de exemplo (apps)
      • Listar os aplicativos no portal (segurança Pública)
  • Ambiente migrado para o serpro (sem migração do DNS)
    • Apontar produção para o SERPRO, continuar desenvolvimento no labCluster
  • API funcional e estável: Deploy de código automatizado para todos os componentes
  • Usuários cadastrados no CKAN
  • Conteúdo informacional com links ativos, prontos e validados
  • Funcionalidade de Notícias
  • Funcionalidade de avaliar e comentar Datasets

3ª sprint(17/03): Funcionalidades acessórias e datasets

  • Tutorial / oficina de dados abertos e workshop de catalogação
  • Interface limpa para o resultado das buscas
  • Interface uniformizada através de proxy transformador implementado (diazo, deliverance )
  • Massa considerável de datasets
  • Conjuntos de dados: pelo menos 3 áreas, educação, segurança pública e saúde, no mínimo 10 estados e até 700 datasets cadastrados
  • 100 datasets cadastrados
  • Testes de carga concluídos
  • Consulta de datasets por órgão e por assunto (VCGE)
  • Processo de encaminhamento de idéias e pedidos de datasets definidos e integrados com a LAI
  • IN Publicada
  • Comprometimento formal do máximo de órgãos
  • Blog e equipe para produzir conteúdo

4ª sprint(02/04): Ambiente funcional e estável

  • Cases OGP publicados no portal da OGP
  • Ambiente no SERPRO já com o DNS VIRADO
  • Ambiente estável e performático
  • Caixa aceleradora HTTP (varnish ou outros)
  • Curso de EAD para publicação de dados abertos
  • Metadados dos datasets embarcados em RDFa
  • Deploy de novas instâncias de servidor com balanceamento de carga automatizado